Cama compartilhada – sim ou não?

Cama compartilhada – sim ou não?

Apesar de parecer um assunto bem atual, desde o tempo das cavernas, nossos familiares dormiam juntos para proteção, aquecimento e por conveniência. Nos EUA, o número de famílias compartilhando a cama dobrou dos anos 90 para os 2000. Esse costume vem sendo relacionado a episódios de morte súbita.
O que mudou das cavernas para os dias de hoje?
Dormir junto pode prejudicar o bebê? .
Em pesquisas onde eram filmadas famílias em cama compartilhada, a maioria dos bebês tinha boca e nariz encobertos por lençol em algum momento da noite. Alguns desses bebês passavam perto de 1 hora com os rostos cobertos. Frequentemente, eles espontaneamente se descobriam, porém 25% deles acordavam ainda cobertos. 
Outras pesquisas também mostraram que nos casos de morte súbita, os pais fumavam e/ou tinham ingerido álcool na noite anterior, eram obesos ou tinham dificuldade para acordar (sono “pesado”). Porém os estudos NÃO encontraram risco aumentado quando os pais eram sóbrios, atentivos (sono “leve”) e não-fumantes.  “Ah, mas ele acorda menos para mamar!” Não é o que os estudos mostram. Bebês na cama compartilhada, mamam 3 vezes mais.
Apesar disso, conversando no consultório, as famílias dizem ter a sensação de todos dormirem melhor assim.
Aparentemente, o mais cansativo é ajudar o bebê a VOLTAR a dormir e compartilhamento parece facilitar isso. 
Outro resultado: 25% dos maridos, abandonaram a cama quando a família adotou a cama compartilhada. 
Sabendo de tudo isso, caso a cama compartilhada seja uma maneira de tornar tudo mais leve para a sua família, não há sentido algum em contraindicar essa prática, contanto que você evite os fatores citados que podem trazer risco pra o seu bebê. “E a autonomia? Dormir junto deixa a criança insegura?” Os estudos não chegam a consenso. Em minha humilde opinião, a autonomia dos filhos não será abalada por tempo “demais” com os pais na cama e sim por tempo “de menos” com os pais durante o dia.
OBS: o bebê deve ficar de barriga pra cima e entre a mãe e a parede.
OBS2: Dormir com um bebê em sofá é extremamente perigoso por serem mais estreitos, bem macios e terem frestas.
Texto extraído do ig: @omeupediatra.
A Compart-Kids Aluguel de brinquedos e acessórios para bebês tem em seu portfólio berços portáteis, moisés, cadeiras de descanso/balanço para a sua melhor comodidade e segurança para o seu bebê, além de ser uma prática de consumo inteligente e sustentável.
Quer saber mais? Nos chame no Whatsapp 19-97421-5875.

Compartilhe:

Categorias