• Rosa Montezano - Pedagoga

Como os brinquedos, jogos e atividades lúdicas contribuem para o desenvolvimento dos bebês e criança


Mega Bloks Selva Divertida - Fisher Price.

Inúmeros são os artigos científicos que atestam sobre a importância dos brinquedos, jogos e brincadeiras no desenvolvimento dos bebês e crianças. Educadores, escritores do universo infantil, reconhecidos mundialmente, como Jean Piaget, Lev Vygotsky, Tizuko Kishimoto, Vera Barros de Oliveira, entre outros, entendem que a infância é considerada a idade das brincadeiras. Nesta fase, as crianças têm prazer em brincar, e através das diversões satisfazem na maior parte, seus interesses, necessidades e desejos próprios, constituindo uma forma privilegiada de inserção na realidade, visto que expressa o modo como ela interpreta, ordena, desorganiza, destrói e reconstrói o seu mundo, pois a brincadeira é algo inerente na criança. É sua forma de atuar, refletir e descobrir o mundo em que vive.

Os jogos, brinquedos e brincadeiras lúdicas, estimulam a criatividade da criança, com isso, ela desenvolve respostas para as dificuldades. Tem capacidade de trabalhar com medos, dores, perdas, conceituações do que é bom e ruim, que são fenômenos intrínsecos ao ambiente em que vive.

As atividades lúdicas possibilitam o desenvolvimento integral da criança já que, através destas atividades, a criança se desenvolve afetivamente, convive socialmente e opera mentalmente. Brincar é uma necessidade básica como é a nutrição, a saúde, a habilitação e a educação. Brincar ajuda as crianças no seu desenvolvimento físico, afetivo, intelectual e social, pois, através das atividades lúdicas, as crianças formam conceitos, relacionam ideias, estabelecem relações lógicas, desenvolvem a expressão oral e corporal, reforçam habilidades sociais, reduzem a agressividade, integram-se na sociedade e constroem seu próprio conhecimento.

Os brinquedos, jogos e brincadeiras lúdicas são essenciais para a saúde física e mental, pois permitem à criança vivências do mundo adulto, e isto possibilita a mediação entre o real e o imaginário. Portanto, além de ter papel significativo na vida da criança, são ferramentas estimuladoras de motivação para a imaginação.

Na concepção de Jean Piaget, um dos mais importantes pesquisadores e educadores, os brinquedos, jogos e brincadeiras lúdicas apresentam não somente uma atividade de alívio emocional ou diversão para consumir as energias das crianças, mas também uma forma de favorecer e valorizar a evolução do intelecto, caracterizando crescimento intelectual, afetivo e social.

De acordo com a escritora e pedagoga Vera Barros de Oliveira, o ato de brincar não representa somente divertir-se sem fundamento, razão ou objetivo, representa um dos modos mais complexos da criança comunicar-se consigo mesma e com o mundo, ou seja, o desenvolvimento acontece pelas trocas de experiências mútuas estabelecidas no transcorrer da vida. Desta forma, através do brincar, a criança pode desenvolver capacidades importantes, como por exemplo, a atenção, a memória, a imitação, a imaginação, entre outras, que possibilitem à criança a evolução de certas áreas da personalidade, como a afetividade, motricidade, inteligência, sociabilidade e criatividade.

Interessante a colocação da educadora Tizuko Kishimoto, quando explica que não importa a época, cultura e classe social, visto que os jogos e brinquedos fizeram e fazem parte do dia a dia das crianças e são indispensáveis à saúde física, emocional e intelectual.

Ela enfatiza também que no processo educativo, o jogo representa para a criança a motivação, o desenvolvimento e a confiança das habilidades como coordenação, destreza, rapidez, força e concentração, sendo assim, as oportunidades de conhecimento disponibilizadas às crianças têm um grande significado no desenvolvimento da sua estrutura motora, cognitiva e social, contribuindo para que a criança se torne um adulto com capacidade de pensamento crítico, que tomará o seu lugar na sociedade e fará a diferença como ser humano.

#desenvolvimentomotor #CompartKids #criançabrincarinfância #infância #brincadeira #criança #brinquedos #bebês #brincar #desenvolvimentocognitivo #desenvolvimentofísico #engatinhar

Posts Em Destaque