• Revista Crescer

O desenvolvimento do bebê no sexto mês de vida.


Por Patrícia Cerqueira - atualizada em 25/04/2013

O bebê começa a sentar com apoio de travesseiros e almofadas, porque tem o controle total da parte torácica e da bacia. Os brinquedos precisam estar por perto. As tentativas para pegá-los estimulam o aprendizado do equilíbrio. A criança interage mais com o ambiente. Não gosta de ficar sozinha e sorri quando alguém conhecido vem em seu socorro. Estica os braços pedindo colo. Deixa as pernas estendidas quando deitada de bruços. A preensão palmar, antes reflexa, torna-se totalmente voluntária. O bebê pega os objetos que deseja. Também chuta, se balança, se debate e bate, esfrega, arranha, se inclina de modo rítmico e repetitivo. Com isso, manda estímulos para o cérebro, que se organizam em informações para o futuro: engatinhar, ficar em pé e andar. O bebê rola sobre si, indicando que o amadurecimento da musculatura está chegando nas coxas. Cuidado com os tombos. O sono já virou rotina previsível. Ele dorme cerca de 14 horas, incluindo as sonecas durante o dia. A qualquer momento, a partir de agora, pode soltar um "mmmmmmmm", que, em geral, é interpretado como: "Ele disse mamãe".

https://www.compartkids.com.br/product-page/tapete-de-atividades-gymini-developlace-tiny-love

http://revistacrescer.globo.com/Bebes/Desenvolvimento/noticia/2013/03/o-desenvolvimento-do-bebe-mes-mes-de-1-6-meses.html

#desenvolvimentocognitivo #desenvolver #sexto #mêsdevida #brinca #criançabrincarinfância #brincadeira #aluguel #brincar #tapetedeatividades #estímulo #CompartKids #brinquedos

Posts Em Destaque