• Site-Fisher Price

Como a brincadeira incentiva o aprendizado?


Mesa de atividades Passeando pela Cidade - Fisher Price.

Durante o primeiro ano, não há diferença entre brincar e aprender. Quanto mais o bebê brinca com os objetos do mundo, mais ele aprende sobre eles. Vejamos as formas, por exemplo: o bebê aprende que algumas coisas rolam, e outras não. Algumas coisas ficam empilhadas, outras não. E os tamanhos: o bebê aprende que as coisas pequenas entram nas grandes, mas o oposto não é verdadeiro. Conforme o bebê vai aprendendo mais sobre o mundo, você vai ficar orgulhosa das conquistas que testemunha — e o bebê vai se sentir realizado também. Este sentimento de realização é essencial para o desenvolvimento, e para o seu sentimento de orgulho como mãe ou pai. Os pais podem segurar um brinquedo para que o bebê tente pegá-lo e segurá-lo — o que é uma conquista, que merece receber seus parabéns. Quando você dá ao bebê um sentimento de reconhecimento e aprovação, pode ver uma resposta imediata, que se dá na forma de um sorriso ou movimento rápido da mão. Conforme você recompensa o bebê pela conquista — mesmo uma simples brincadeira de cadê achou — estará promovendo uma autoestima saudável. E é com este sentimento de confiança e otimismo que seu bebê se torna uma criança segura de si, capaz de enfrentar novos desafios num piscar de olhos. Para os bebês, brincar é aprender. É através das experiências de brincadeira que os bebês aprendem a maior parte das coisas sobre o mundo que os cerca. E a exploração é o estímulo do aprendizado. Se os bebês são incentivados nesta fase, eles se tornarão exploradores ativos e aprenderão no decorrer de toda a infância. O bebê aprende sobre as coisas as tocando, e quanto mais isso acontece, mais ele aprende. Quando o bebê pensa: "Que tipo de som isso fará se eu jogar no balde? Como estas formas se encaixam? Minha pirâmide de argolas se encaixa melhor se coloco as argolas maiores na parte de baixo, não é?". Esta é a maneira em que ele descobre respostas ao brincar. A cada nova descoberta, a diversão e o aprendizado alcançam novos níveis. Quando os brinquedos oferecem várias atividades com desafios cada vez maiores, os bebês fortalecem suas habilidades e desenvolvem habilidades novas. Estas tentativas precoces, e frequentemente instáveis, de dominar uma nova habilidade necessitam de muita prática. Os pais de primeira viagem não demoram a perceber que os bebês conseguem empurrar, puxar e pegar. Mas, de início, eles não conseguem executar os movimentos pequenos e sofisticados do pulso e dos dedos necessários para manobras mais delicadas, como apertar um botão pequeno de um telefone de brinquedo. Mas estas habilidades aparecem logo. Uma das lições mais importantes para os pais é que devem tomar o cuidado de não esperar muito, cedo demais, ou dar oportunidades para que os bebês consigam coisas que não se espera naquela idade. Se, por um acaso, você der a uma criança um brinquedo com o qual apenas uma criança mais velha consiga interagir bem, a criança vai se sentir frustrada e travada — ao invés de inspirada e realizada. Ao fornecer ao bebê brinquedos e centros de atividade apropriados para cada fase, você pode ajudá-lo a criar um sentimento de aprendizado e conquista desde cedo.

Dr. Bettye M. CaldwellPh.D. Professor of Pediatrics in Child Development and Education

Nossos conselhos aos pais são apenas sugestões. Recomendamos que você também consulte um médico caso sua dúvida seja urgente ou sobre alguma condição médica.

#brinquedoeducativo #alugueldebrinquedos #centrodeatividades #brincar #desenvolvimentofísico #desenvolvimentocognitivo #desenvolvimentomotor #infância #brincadeira #brinquedos #brinquedo #CompartKids #estímulo

Posts Em Destaque